José Madureira, o esbanjador de javalis

É este o título que o José deu ao relato da noite de 17 de Março na Lagoalva. Eu, o Jorge Pedro e um carabineiro ficámos em branco. Ao José tocou-lhe não uma vara, mas uma verdadeira manada e mais algumas peripécias pelo caminho.
Não deixem de ler o relato que ele fez. Um Caçador também se revela nestas histórias.
José, mais luas haverão e os porcos continuam a nascer e a crescer para gozarmos momentos como os relatados, mas com um final um bocadinho diferente – para o nosso lado🙂  Obrigado pelo relato e pela cobertura fotográfica do Jorge Pedro.

Ler relato->

 

Esta entrada foi publicada em Geral. ligação permanente.

22 respostas a José Madureira, o esbanjador de javalis

  1. Filipe Augusto diz:

    Boa Zé, um abraço para um amigo poeta… poeta de caça!!! ehehehehe

  2. Paulo Vilela diz:

    Já agora os “matadores” não existem no 1GCABP porque esses caçam de carabina e visão nocturna não de arco ou besta…………..mas isto é daquelas coisas que só os caçadores compreendem.

  3. Paulo Vilela diz:

    Só me ocorre dizer uma coisa………………BEM FEITO,BEM FEITO ;BEM FEITO BARBICHA DO C%$#/&% ERA SÒ NAVALHEIROS?NEM QUE TE COPULEM 1000 X SERIAS SUFICIENtEMENTE CASTIGADO:.Bem agora que já descarreguei os figados,deixa estar Madu para a proxima será …………….. PIOR hihihiih venono destilado 3 x.

    Abraço

    PS-Belo relato e já passei pelo mesmo..exepto a parte dos navalheiros …..sacana

  4. manuel cheta diz:

    Parabéns companheiro!

    • manuel cheta diz:

      Esta lua só esperei nas duas ultimas noites e de recurvo. Na primeira tive um ao pé do cevadouro por pouco tempo e não se mostrou, segunda noite chegou as sete e quarenta, esteve debaixo da sobreira onde estava e passou na frente do cevadouro. O filha da puta conseguiu estar até as dez horas sem se mexer a dez metros do cevadouro, como já não aguentava a dor no cu, sai de cima da escada fui ao cevadouro e mijei para cima do milho. A vingança serve-se fria…come agora hehehe

      • manuel cheta diz:

        Já agora aproveito para os questionar, porque perdem o vosso tempo e dinheiro em reservas manhozas, com uma excelente a dois passos de casa e uma gestão séria e honesta!

        Parabéns amigo Jorge Pedro pelo excelente trabalho!
        Grande abraço

      • Jorge Pedro diz:

        Caro amigo Manuel Cheta, essa receita de mijo frio para os cabrestos que gozam connosco, ainda não experimentei, mas acho-a divinal… Haahaaaa…. grd abç
        Jorge Pedro

  5. JM diz:

    Caros amigos,

    Parece-me mais interessante dar resposta a todos os comentários de uma só vez e por ordem de chegada.

    Sr. Augusto,
    Muito obrigado pelas suas palavras! Ainda bem que gostou. Tentarei fazer mais. Tenho preferência por relatos de caça com cobro do animal, sem falhanços. Agradeço que faça as respectivas diligências para que me amarrem um porquito à arvore. Desta forma, mais rapidamente farei outro relato.🙂

    Amigo Mário,
    Parece-me potêncialmente perigoso falarmos aqui sobre as vantagens das bestas na espera nocturna ao javali. Perigoso porque estamos gradualmente a “aniquilar” a essência deste grupo de caçadores. Creio que são cada vez mais os caçadores arqueiros que se tornam caçadores besteiros e a razão desta mudança é, creio, exactamente os pontos que enunciáste nos teus comentários. Costumo dizer que sou Arqueiro. Está-me na alma e no coração, no entanto, caço com besta. Como gosto muito de caçar,penso muito na caça e em tudo o que lhe está associado. Hoje acho que o maior problema não está na arma (arco). Para mim, independentemente do treino,- que como sabemos tem que ser muito -, a maneira como são contruidos os postos, a sua localização e a altura a que estão colocados etc, etc, farão, no meu entender, muita diferença.
    Só a título de exemplo: Prefiro caçar num posto elevado, que fique o mais perto possivel do cevadouro e de preferência que este esteja sobre chão branco/claro, sem qualquer cobertura, de forma a que possa ver tudo o que se passa à minha volta, e no momento de abrir o arco tenho o espaço necessário para o fazer, sem blinds a “estorvar” ou outros obstáculos. Quando chove, visto o impermeavel, quando faz frio agasalho-me! (O posto da torreta reune quase todas estas condições e mesmo assim falhei…) Com besta posso caçar em qualquer posto.
    Por fim, eu sou um amador! Quem se devia pronunciar sobre este assunto são os nossos companheiros que já caçaram muito com arco e, com exito!

    Sr. Jorge Pedro,
    Estou-lhe muito grato! A vontade que tenho é a de repetir vezes sem conta a frase “estou-lhe muito grato”, até achar suficientes para mostrar o quanto lhe estou… grato! Como já percebeu, se há coisa que eu gosto, é de ir para o mato fazer uma esperazinha. Quanto ao arco, eu não desisti dele. O que se passa é que já tive um ou outro momento de “frustração” associado ao tiro com o arco durante umas esperas. Aborrece-me sériamente pensar que não consigo dar um tiro verdadeiramente certeiro no porco por falta de boa visualização do mesmo. Logo que me sinta mais confiante voltarei ao arco sem quaisquer problemas. Só para esclarecer, eu gosto mesmo é da caça com arco! A espera que tão gentilmente me oferece, será feita com arco obviamente! Nem podia ser de outra maneira!!! Faço questão e pode ser que seja desta que caço um.
    Quanto aos seus palanques novos, tenho visto as fotos que tem enviado e aproveito para o congratular pela obra. Percebo que tem vindo a alterar a forma como faz os postos para arco fruto, acho eu, de perceber quais as necessidades dos arqueiros. Obrigado por esse esforço.
    Até breve e… estou-lhe muito grato!🙂

    Amigo Padrinho DOS,

    “Dá-se-me” um nó na garganta quando se fala de caça na Agolada, tanta é a saudade. Rázam-se-me os olhos de água e embarga -se-me a voz (um bocado dramático, hein?) Agora a sério, eu e mais uns quantos voltaríamos de bom grado à Agolada, em estágio ou não. Sempre gostámos muito de lá ir. Aproveito este “comment” para meter uma cunha. Se conheceres o gestor lá da zona dá uma palavrinha em nosso favor, ó faxavor.
    Sobre o falhanço. Eu acho que estive calmo. Tão calmo como é possivel estar quando se está sob o efeito de uma descarga de adrenalina. É o chamado estar calmo “QB”.🙂

    Grande abraço

    • Mário Ferreira diz:

      Caros Madureira e Diogo, Não tenho a eloquência nem a metade do saber dos meus amigos, Também gosto é de Arco e Caça com Arco e quem me conhece sabe que todos os fins de semana pratico o meu Compound e sempre que posso faço a minha esperazita com ele. Por umas quantas vezes tive o prazer de acompanhar o Madureira nestas nossas lides e sem duvida aprendi muito com ele! Não conheço a Agolada mas só tenho ouvido falar bem. Sou também um daqueles que muito gostaria de a conhecer e colher, também, os sábios ensinamentos do Diogo. Talvez um dia eu tenha essa sorte e consiga ai, como o meu Amigo Madureira, Apanhar o grande Navalheiro com que todos nós sonhamos…
      um Abraço a todos
      Mário Ferreira

  6. DOS diz:

    Madu… sovar a genitália??? Isso na minha terra tem nome!
    Que é isso de não conseguir atirar aos porcos! Afilhado meu não brinca não! Tás a precisar de mais um estágio por terras coruchences, tá visto! A falar a sério, tenho orgulho na tua atitude. Parabéns. talvez feches os olhinhos e contes até 10 para acalmar para a próxima.😀

    Amigo Mário Ferreira, com todo o respeito e as devidas desculpas à priori, um arco (próprio, bem afinado e com o material pontiagudo ajustado e com muito treino em cima) é uma arma mais do que ajustada para estas e outras situações. Não há nada que uma besta faça que um arco não faça também, só que requer outras “unhas”. Talvez não seja é uma arma para qualquer um, mas isso são outros tantos!

    • Mário Ferreira diz:

      Não digo que o Arco não seja ajustado para estas situações… só digo que uma Besta o é mais, devido a poder ter montada uma boa Mira (ajustada a pouca Luminosidade) o que não é possível num arco….e que permite apontar e ver o que se está a fazer muito melhor de noite!
      O Arco e a Caça com Arco tem sobretudo maior Romantismo e Apelo do que a caça com besta, o que eu também concordo.
      A minha (pouca) experiencia na caça com arco, pois nunca cacei com besta, a isto me tem ensinado… mas outros podem ter outras opiniões…

  7. Jorge pedro diz:

    Caro JM, esqueci-me de um pormenor em relação à minha oferta?… só ofereço se for de arco… Haahhaaaa…..vá lá.. vá lá… não desista, caçar com arco é muito mais bonito e desportista… eu não acerto numa vaca com arco, mas como caçador arqueiro é só dessa forma que me vejo a caçar… grd abç JP

  8. Jorge pedro diz:

    Caro amigo José Madureira, eu cheguei à pouco da Lagoalva, onde acabei de montar mais um palanque (4mt de Altura) com cevadouro a 24mt, para arqueiro. Sentei-me ao computador e fui ver se havia novidades aqui no grupo, garanto-lhe que já dei umas boas gargalhas a ler o seu relato, adorei, está simplesmente fantástico, parabéns, gosto das pessoas (caçadores) que têm a coragem e a honestidade de dizerem que erram(o alvo), mas que tiram das suas experiencias grandes ensinamentos e que dão lições aos grandes “matadores”. Arqueiros como o José serão sempre bem vindos à ZCT-Lagoalva, onde faço questão que as pessoas que gostam de caçar tenham condições, mas onde os que gostam de matar, agradeço que não venham. Em virtude da qualidade do seu relato, o José merece um prémio, pelo que a próxima espera na Lagoalva lhe é oferecida por mim.
    Grd abç Jorge Pedro

  9. Pois é, valeu a pena esperar pelo relato!, está ESPECTACULAR! – nem podia deixar de ser, vindo de um PRO como tu! – P A R A B É N S !
    E já agora…QUERO MAIS! (com ou sem cobros)
    Abraço
    AP

  10. Mário Ferreira diz:

    Boa. Zé. Deve dar vontade de voltar á Besta. não?
    Gosto Muito do meu arco, mas de noite, acho que uma besta é mais apropriada!
    Quem me dera tanta peripécia….há cinco esperas que não vejo nada!
    Um Abraço e melhor sorte para a próxima.
    Mário Ferreira

    • JM diz:

      Olá Mário, obg pelo comentário. Eu cometi um erro grave, coloquei uma lanterna no arco cuja luz não tinha “power” suficiente para ver os porcos atravéz da mira ( também pode ser um problema de visão). Embora a luz seja suficiente para os ver em boas condições fora da mira, quando espreito atravéz desta deixo de ver os bichos, vejo apenas uma mancha escura não possibilitando um tiro confiante. Por outro lado, já tive a experiência de apontar uma lanterna com muita luz. Nesse momento o porco “deu ao cava” imediatamente.
      Quanto à Besta, digamos que pus o arco de castigo, por uns tempos. Com a besta, a menos que fizesse alguma asneira (também me acontece), teria trazido carne para casa.
      Outros virão e a noite, essa, foi memorável!

      Grande abraço!

      • Mário Ferreira diz:

        Amigo Madureira, Também já me aconteceu ambas as coisas: com muita luz o porco foge e com pouca não se consegue ver. Da única vez que atirei e matei, também estava na duvida, tanto que atirei só depois de ver com os dois olhos abertos. Não sei se me estou a explicar bem!? Mirei com um e abri o outro para ver se estava no enfiamento! Resultou, mas não é prático. É por isso que estou a pensar comprar uma besta que, penso, devido á mira, ser mais prático para a utilização noturna. As alturas que temos Porcos a jeito já são tão poucas que é um crime desperdiça-las por complicar demasiado com o uso de uma arma não adequada. Pelo menos é assim que eu penso!
        Das poucas vezes que tive porcos machos grandes acabei por não atirar pois não conseguia ver em condições e das vezes que dei luz eles desapareceram e não me deram tempo a atirar.

  11. Henrique Jourdan diz:

    Boa zé um relato á profissional,uma noite memorável,só não falha quem não atira.Mas ficaste com o papinho cheio. Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s