Tapada de Mafra – Regulamento e ficha de inscrição

Já está disponível no site da Tapada Nacional de Mafra o regulamento e a ficha de inscrição.
Numa altura de crise, como a que vivemos, e seguindo na linha do governo os preços aumentaram entre 47,6% – preço da carne (era de 5€ por quilo, passou para €7,38) e 300% – taxa de gamo ferido e não cobrado (era de 50€ o ano passado).
Foi criada também uma taxa de abate…
A boa nova é que este ano há troféus de gamo – 5. Não sei se os preços estão em linha com o que se pratica nas ZCT.
Podem-se abater veados – não há troféus.
Nos dias de caça a Tapada pode ser ocupada por quatro caçadores em simultâneo. Acho demasiado e diminui a possibilidade de caçar, porque como sabe quem já lá caçou, há zonas que são menos frequentadas pelos bichos e só em parte do dia.
Leiam o regulamento e comentem, por favor. Este ano, e com grande pena minha não irei.

Esta entrada foi publicada em Geral. ligação permanente.

5 respostas a Tapada de Mafra – Regulamento e ficha de inscrição

  1. Nuno Rosado diz:

    Se estamos em tempo de crise só deve querer dizer uma de duas coisas:
    – ou estão a tentar fazer uma seleção natural dos clientes para que a “escumalha” não pense sequer em lá ir;
    – ou o objetivo é mesmo fazer aquilo dar prejuízo para depois passar para as mãos de um particular.

    Seja como for, quem aprecia deve fazê-lo.

    • José Franco diz:

      Nuno
      a selecção natural dos clientes sempre existiu em qualquer actividade que tenha procura.
      Se é equilibrada ou não só os responsáveis o poderão dizer. Penso que os preços continuarão a subir até que haja uma diminuição da procura, e a partir daí serão revistos.

      A Tapada de Mafra apesar de ser património Nacional tem uma gestão cooperativa a saber:
      “A gestão da Tapada Nacional de Mafra é assegurada por uma Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada criada em Setembro de 1998 pela Resolução de Conselho de Ministros nº 7/98.
      Fazem parte desta Cooperativa as seguintes instituições:
      -Direcção Regional de Agricultura Pescas de Lisboa e Vale do Tejo
      -Câmara Municipal de Mafra
      
-Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas
      
-Clube Português de Monteiros

      -Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, IP
      
-Fundação Alter Real

      -Liga dos Amigos de Mafra
      
-Federação dos Arqueiros e Besteiros de Portugal
      – Associação dos Agricultores do Concelho de Mafra”

      A caça é só uma das vertentes das actividades da Tapada e só se lá pratica porque, tratando-se de uma área totalmente vedada, não existem predadores de espécies de caça maior que possam manter o equilíbrio. Os únicos lobos que lá viviam, estavam confinados a um cercado de cerca de dois hectares mas já morreram.

  2. Mário Ferreira diz:

    Boas. Por mim podem ficar com os bichos todos. A preços destes duvido que lá vá algum arqueiro ou besteiro. Não sei quem irá arriscar a pagar 700 euros por um bicho ferido e não cobrado…

  3. NCR diz:

    4 caçadores por dia não é, de facto, uma perspectiva animadora. Se, para os carabineiros, a coisa é mais ou menos indiferente, no nosso caso é bem possível que esta “novidade” ponha em risco o sucesso das caçadas como é evidente para qualquer um que já lá tenha caçado. É que, em regra, só se cobram os animais ao final do dia e após calcorrear toda a área da reserva…

  4. Qualquer dia só meia dúzia podem desfrutar desta actividade querem criar elites que ao que se vê fraquinhas sem experiência de vida nem nunca trabalhou (pelos menos a grande maioria) e nós é que pagamos. Isto é o espelho do governo, só sabe aumentar e inventar taxas disto e daquilo e quando o fazem não colocam se quer a inflação pois é ridículo aumentar assim quando os ordenados não foram aumentados com a agravante de nos retirarem dinheiro.. É pena pois este analfabetismo que há alguns anos a esta parte estamos a assistir não se compadeça com o imobilismo ridículo deste povo que não se mexe e resigna-se a tal infortúnio. Estamos eternamente à espera que alguém nos salve como o D.Sebastião que há-de aparecer num dia de nevoeiro ou as galinhas terem dentes numa semana de nove dias. É demais e em vez de dar poder de compra para a economia se movimentar o dinheiro retiram (melhor roubam) a quem trabalha ou quer fazer alguma coisa deste País mandando muitos para o desemprego para a fome. Mas está tudo dito. Só nos resta esperar pelo milagre ou levantarmo-nos e escolher o que queremos para todos nós.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s