Piçarras – primeira noite da lua de Fevereiro.

Como os arqueiros e besteiros ficam com os dedos muito cansados depois das esperas, sobretudo se cobraram algum bicho, o Augusto Pires tirou-se de cuidados – obrigado Augusto, e fez um relato/ponto de situação da primeira noite de lua em Piçarras.
Parabéns Jorge e Marco.
Os bichos andam a sair muito cedo, o que já tem sido relatado por mais pessoas em outros sítios onde caçam. O relato fica no sítio do costume e a galeria de cobros também será actualizada. Para os mais apressados podem ir já para o relato.

Ler relato ->

Esta entrada foi publicada em Relatos Esperas com as etiquetas , , . ligação permanente.

3 respostas a Piçarras – primeira noite da lua de Fevereiro.

  1. JCarlos diz:

    Só Vou deixar Aki uma Nota,,,estou fartinho de Dizer aos Meus Amigos Caçadores para Não Cobrarem Porcos em Piçarras quando ,,,,EU NÃO ESTOU,,,,

    De qualquer das maneiras deixo aqui os meus Parabéns ao JORGE e ao MARCO o próximo FimDeSEmana é MEU……

    1 Abraço a Todos

    • António J.Silva diz:

      Um com brinde já está.
      No próximo fim de semana, vai ser o porcão a que atiraste há dias e te levou o virotão. De certo que ele mo vai trazer pela calada da noite. Posto 2 é que é o destinado à recepção.

  2. António J.Silva diz:

    Deixem-me acrescentar, que o porco agora cobrado, trazia brinde.
    Quando o vislumbrei a caminhar cuidadosamente no trilho a cerca de 70mt do lado direito do palanque, fiquei boquiaberto pois na bochecha da esquerda trazia um virotão em riste. A principio pensei estar a ver mal, e talvez o porco o tivesse encontrado, abocanhando-o para mo vir trazer. Mas não, estava mesmo espetado.
    Calmamente e sem qualquer ruído, apontei, calculei mentalmente o ângulo de tiro e pensei: Se vejo que hesitas e não segues para o cevadouro, levas o tiro mesmo a esta distância.
    Parando, farejando, andando lá se aproximou do primeiro cevadouro, a que não ligou e seguiu para o segundo, muito mais perto de mim. E eu ia pensando no sofrimento que o animal devia estar a passar com aquela vara a sair do lado da cabeça, orei para que se ajeitasse rapidamente para lhe acabar com a agonia. Nem 30 segundos demorou a colocar-se de lado, e o virotão lá seguiu o seu caminho misericordioso, para o local devido, fazendo o porquinho finar-se a cerca de 20mt à minha frente. Porquinho, que em casa e após pesar os pedaços ainda ficou pelos 26kgs.
    Agora que voltei a ver porcos em Piçarras, no próximo fim de semana volto lá para imolar um dos irmãos do dito cujo.
    Jorge Silva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s